sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

148 - Original Christmas tree DIY – Árvore de natal original feita por si


Hoje é dia 8 de Dezembro, dia de fazer a árvore de natal. Neste natal que tal experimentar algo diferente. Não corte nenhum pinheiro, vamos substituir esse mau hábito por um novo. Uma árvore de natal feita por si. Ou pelas crianças, ou melhor ainda feita por todos da casa.

Deixo as ideias mais giras que encontrei para inspiração ou modelo. Reciclem, improvisem e divirtam-se.

Fazer uma árvore de natal bonita, ou enfeitar a casa não precisa ser dispendioso e com crianças se tiverem tempo,  podem desenvolver actividades em conjunto memoráveis. A originalidade não tem limites e o sermos nós a fazer alegra-nos por termos sido capazes.


Aproveitem material que vos sobre e entretenham-se primeiro a imaginar e depois a elaborar. Num dia de chuva como está por aqui é uma boa ocupação de tempo caso tenham de sobra.















= )
Feliz Natal

Fonte de imagens: Pinterest

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

147 - Casas contentores - Container houses

Zening life é um desejo que cresce a cada dia. Constantemente encontro situações em que posso ter outro olhar, um olhar com a intenção de melhorarmos os nossos hábitos, minimizando a nossa intervenção na natureza do planeta. Um princípio que tento ter presente são os 3 Rs, reduzir, reutilizar e reciclar. Como mãe, julgo que a melhor maneira de passarmos esta mensagem é fazendo, sermos o exemplo.

Como humana, mãe e arquitecta de formação tento, inspirar a reutilização, a redução (Feng Shui) e hoje especialmente a reciclagem. Como transformar contentores em lares, habitações com qualidade, sempre minimalistas.


Ficam alguns de bastante bom gosto para vos inspirar. Com o devido isolamento, boas caixilharias, acabamentos necessários e as infra-estruturas de base, resta a vontade e a calma para resolver esta solução alternativa à construção corrente. O betão armado que tem na sua origem a extração de ferro e pedra natural. Reaproveitemos contentores para casas de reduzido custo. Estou certa que muitos arquitectos perto de vós adorariam este desafio. Experimentem propor-lhes … 










Em Portugal, o meu lindo pais, este ano estamos a sofrer com uma seca terrível. Este ano praticamente não choveu e as nossas barragens estão a níveis mínimos desesperantes. O estado pede contenção no uso da água. A reutilização de águas quando possível é um começo.

São muitas as maneiras que, por aqui, nos podemos controlar e reduzir o consumo de água. A questão que me preocupa é quantos de nós estaremos realmente a reeducar-nos nesta questão. Precisamos que estas contenções e hábitos passem a rotinas, daqui para a frente. Não só em Portugal mas em todo o planeta. A água doce é um recurso natural que tende a existir cada vez em menos quantidade. O aquecimento global parece-me a mim, leiga no assunto, estar a evaporar o H2O …


; )


Fonte de imagens: Pinterest

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

146 - Bath in style ... Banho em grande estilo …

Hoje a inspiração é para mulheres que apreciem um banho de espuma … conhecem? Eu e mais uns milhões. Então vamos lá dar largas à nossa imaginação, sonhemos, hoje e sempre, em grande estilo.

O que queremos? Menos do que Tudo é inaceitável num sonho. Então fundamental é uma banheira cheia de água quente qb, com espuma e alguns sais minerais, uma toalha enrolada para descansar a cabeça, uma música de fundo relaxante e uma vela para dar o ambiente. Permita-se a estar assim no mínimo 10 min.

À nossa espera deve estar um robe de turco macio tamanho XL, um grande tapete turco e uns chinelos. A iluminar o espaço queremos um candelabro lindíssimo no tecto, que nos leve a sentir como princesas em palácios e uma janela que nos abra o espaço e nos deslumbre com uma vista panorâmica desafogada para a natureza.


No fim precisamos no mínimo de um enorme espelho que nos faça descer à realidade. Respire fundo e em seguida escolha algo muito confortável para vestir e beba um forte café com leite, se for ao começo do dia, ou um copo de vinho se for ao fechar.











Os sonhos … em certos dias são necessários … 

não se esqueçam,  já dizia o poeta

"Os Homens são do tamanho dos seus SONHOS" Fernando Pessoa


= )

Fonte de Imagens: Pinterest

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

!45 - The zen home – O lar zen


Como arquitecta, optei pelo programa que me é ideal, moradia térrea de tipologia T3, com parqueamento coberto, escritório e logradouro. Com implantação em forma de L e estrutura em betão, paredes duplas com caixa de ar com isolamento e de cobertura plana impermeabilizada não acessível. Quartos com janelas orientadas a nascente, sala a poente/norte, cozinha a nascente/norte com zona de lavandaria independente, casas de banho com janelas e um escritório/estúdio com orientação a sul.

Como avaliadora/consultora escolho os seguintes acabamentos e equipamentos: pavimento cerâmico ou pedra natural, excepto nos quartos onde deverá ser de madeira, sala com lareira, cozinha equipada, lavandaria com máq. de roupa/secagem, casas de banho com banheira/duche (pelo menos 1 c.b. deverá haver banheira) com loiças suspensas, coluna de hidromassagem e toalheiros aquecidos, caixilharia em PVC com vidro duplo e oscilo /deslizante (seguros na posição de oscilo e deslizantes para que não ocupem espaço quando abertos), estores deslizantes ou de recolher eléctricos, quartos com roupeiro e em suite (casa de banho privada). Pátio, parcialmente coberto e privada com vista desfogada e se possível panorâmica, com churrasco e piscina.


Como terapeuta de espaços, com base no Feng shui, a casa tem que ter espaço fluído, entenda-se com pouco mobiliário, isto é, apenas o necessário pois não a queremos cheia. Boa ventilação e iluminação natural diária e eléctrica geral e localizada, com organização oculta (tudo tem o seu lugar) para fácil e rápida arrumação.
Nos quartos as camas localizam-se com a cabeceira encostada a uma parede, mas atenção que não passe canalização nessa parede por causa das humidades e os pés não devem estar apontados directamente para a porta. Nos quartos das crianças com secretária, esta deve estar localizada à direita da janela. Boa iluminação natural bem como eléctrica geral e direcionada junto à cama e na secretária respectivamente.
Sala com bons sofás em L ou U para proporcionar a conversa e boa visualização entre os ocupantes com mesa de apoio, iluminação indirecta geral e direccionada junto aos sofás, televisão por cima da lareira, plantas junto à janela para purificar o ar, velas aromáticas, mesa de jantar redonda ou quadrada.
Na cozinha a fruta deve estar visível mas protegida, em lugar de destaque e de fácil acesso, eventualmente electrodomésticos como máquina de café, espremedor de sumo e torradeira também estarão acessíveis e visíveis para uso diário. Tudo o resto deve estar guardado e oculto em armários opacos. Devidamente separados por temas como loiça, atoalhados, talheres, comida , temperos e limpeza. Também aqui deve haver plantas e boa iluminação geral e direccionada a iluminar o balcão de trabalho (lavatório e fogão).
As casas de banho devem ter armário raso que sirva de balcão e permita guardar toalhas, tapetes, e todos os outros objectos necessários. A ficar exposto apenas toalha a usar, tapete, sabonete, champô, velas aromáticas, um assento (banco ou cadeira) e plantas. Uma boa iluminação geral e direccionada sobre o lavatório também é importante aqui.

O pátio deve ter assentos e mesa para convívio, cadeira de baloiço, pufe ou cama espreguiçadeira para introspecção e descanso, relva e pavimentado, plantas, árvores de fruto como  laranjeiras e limoeiros. Locais de sombra e locais para apanhar sol. A privacidade é importante e não deve haver janelas indiscretas de vizinhos apontadas. Se existir, arranje maneira de as dissipar. com plantas, arbustos ou árvores.









=)





terça-feira, 19 de setembro de 2017

144 - Facades with different textures – Fachadas com diferentes texturas

Os nossos 5 sentidos orientam os nossos dias, é através deles que temos a percepção do que nos rodeia e tomamos decisões. O paladar, o tacto, o olfacto, a audição e a visão levam-nos a gostar ou não de algo, a sentir-nos mais ou menos atraídos O mais incrível é que as opiniões divergem de pessoa para pessoa, o que torna tudo mais interessante.

Hoje apresento algumas fachadas, com combinações de diferentes materiais, que procuram seduzir-nos. Não sendo a solução mais económica é a mais desafiadora para o arquitecto e a mais favorável para o proprietário, pela existência de diferentes polos de energia.   Numa brincadeira de revestimentos que se completam e resultam harmoniosamente bem, convidando-nos a entrar. 

Desejamos criar boas sensações, a quem as observa, como se de um portal se trata-se, que filtra possiveis más energias e as transforma em boas vibrações. Queremos a casa envolvida em bem estar e por ali as pessoas sentem-se bem, as plantas crescem bonitas e os animais são serenos.

No caso estamos a seduzir a visão com o uso de texturas que nos transmitem diferentes sensações, através de âncoras naturais do tato, como o conforto da madeira, a pureza do branco, a robustez da pedra e a segurança do metal. Âncoras naturais são reacções que acontecem inconscientemente. Reagimos bem a algo, por associação a memórias, sem que nos apercebamos muitas vezes do porquê.


O Feng Shui é a procura do equilíbrio com uma constante apenas, a harmonia final. Queremos estar rodeados não exclusivamente de um elemento, mas sim de vários elementos, que se complementem na proporção certa .




















= )

Fonte de imagens: Pinterest