quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

151 - Inspiração Vintage … - Vintage inspiration



Porque gostamos tanto da decor vintage? talvez porque nos liga à nossa história, simboliza um "mimo da avó" É ter um cantinho mágico que, funciona como uma máquina do tempo. Pode transportar-nos, num abrir e fechar de olhos,  às tardes de criança em casa dos avós. No sofá com jogos de tabuleiro ou a fazer bolos na cozinha.

Misturar com objectos contemporâneos é aconselhável,  relembrando-nos que o nosso caminho é para a frente.

Pode ser uma peça de mobiliário, um electrodoméstico ou uma simples pintura na parede …

Não abusem, não queremos viver nos anos 60 ou 70, estamos em 2018.













; )

Fonte de Imagens : Pinterest (home)




quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

150 - Abstrato a preto e branco - Abstract in black and white



As duas cores funcionam e completam-se. Abstrato para haver a liberdade de vermos o que quisermos… 












: )

Fonte de imagens: Pinterest (Home)

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

149 - "Clean out" your home and give it more … Lar com menos ganha mais …


 Dar Espaço à sua casa é dar-lhe mais ar a si para respirar e adicionar tempo à sua vida, pois a limpeza passará a ser mais rápida. Tentar reduzir as coisas que temos e sermos organizados e arrumados é um princípio que devemos ter na nossa casa e trabalho. Facilita-nos o dia-a-dia, diminui as probabilidades de nos irritarmos ao perdermos tempo à procura de algo e permite que a energia da sua casa flua serenamente sem se acumular ou estagnar como acontece com espaços muito cheios.











Seleccionarmos o que precisamos, é fundamental, identificarmos o que precisamos é a base. Algo que não usamos há mais de um ano é algo que não precisamos. Conseguirmos desligar-nos desses objectos,  é um grande passo na maneira de vivermos a nossa casa, ganha-se “casa” esta até vos parecerá maior. Desculpem-me mas principalmente na época natalícia oferecem-nos algumas coisas com que não nos identificamos e para que não nos sintamos mal acumulamos sem nunca usarmos. Sugiro que doem a associações de solidariedade e assim não se sintam mal, antes pelo contrário, pois eventualmente alguém precisa. A excepção são os livros. Para fans da leitura no entanto há soluções, um móvel com portas é a talvez a mais funcional, evita o pó de entrar e se forem opacas ocultam eventual desorganização que aconteça na distribuição interior. No entanto este deve ser mais claro quanto maior for e de linhas simples para não pesar no ambiente nem o escurecer. Portas de vidro funcionam na procura do livro mas requerem um maior cuidado na arrumação com a distribuição dos mesmos.

Na cozinha arranje sítio nos armários para o que precisa diariamente e é pequeno, guarde na despensa objectos maiores, como vassoura, esfregona, balde e recipientes para reciclagem. Ganhe espaço na bancada para cozinhar, vai ter tanto mais prazer quanto mais espaço houver para trabalhar. No fim arrume tudo no seu sítio e deixe a bancada limpa.

No quarto, um bom roupeiro embutido ajuda bastante, evite móveis altos, por exemplo uma arca em vez de mesa-de-cabeceira, permite guardar mais objectos, se no entanto ainda necessitar de mais arrumação recorra a cómodas e evite espelhos, se realmente tem que ter, que seja apenas um.

Na casa de banho, uma única bancada com arrumação por baixo com portas é o mais funcional e de fácil limpeza, dispensando assim mais armários.

Este processo de vivermos com menos requer um esforço enorme emocionalmente, é uma adaptação na maneira de estar, que leva algum tempo mas temos que optar entre ter espaço/ar ou coisas. Há uma frase que ajuda na determinação da escolha: O fundamental da vida é invisível aos olhos.

Queremos ter uma casa que nos receba harmoniosamente, que nos transmita bem-estar. Para isso a sua energia tem que ser leve e radiante mas para isso tem que a manter limpa, arrumada, arejada e iluminada.

Estou neste processo em minha casa mas não é fácil quando vivem várias pessoas. Tento no entanto ser um exemplo e influenciar positivamente os meus com este princípio, less is more.


FELIZ 2018

Fonte de imagens: Pinterest

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

148 - Original Christmas tree DIY – Árvore de natal original feita por si


Hoje é dia 8 de Dezembro, dia de fazer a árvore de natal. Neste natal que tal experimentar algo diferente. Não corte nenhum pinheiro, vamos substituir esse mau hábito por um novo. Uma árvore de natal feita por si. Ou pelas crianças, ou melhor ainda feita por todos da casa.

Deixo as ideias mais giras que encontrei para inspiração ou modelo. Reciclem, improvisem e divirtam-se.

Fazer uma árvore de natal bonita, ou enfeitar a casa não precisa ser dispendioso e com crianças se tiverem tempo,  podem desenvolver actividades em conjunto memoráveis. A originalidade não tem limites e o sermos nós a fazer alegra-nos por termos sido capazes.


Aproveitem material que vos sobre e entretenham-se primeiro a imaginar e depois a elaborar. Num dia de chuva como está por aqui é uma boa ocupação de tempo caso tenham de sobra.















= )
Feliz Natal

Fonte de imagens: Pinterest

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

147 - Casas contentores - Container houses

Zening life é um desejo que cresce a cada dia. Constantemente encontro situações em que posso ter outro olhar, um olhar com a intenção de melhorarmos os nossos hábitos, minimizando a nossa intervenção na natureza do planeta. Um princípio que tento ter presente são os 3 Rs, reduzir, reutilizar e reciclar. Como mãe, julgo que a melhor maneira de passarmos esta mensagem é fazendo, sermos o exemplo.

Como humana, mãe e arquitecta de formação tento, inspirar a reutilização, a redução (Feng Shui) e hoje especialmente a reciclagem. Como transformar contentores em lares, habitações com qualidade, sempre minimalistas.


Ficam alguns de bastante bom gosto para vos inspirar. Com o devido isolamento, boas caixilharias, acabamentos necessários e as infra-estruturas de base, resta a vontade e a calma para resolver esta solução alternativa à construção corrente. O betão armado que tem na sua origem a extração de ferro e pedra natural. Reaproveitemos contentores para casas de reduzido custo. Estou certa que muitos arquitectos perto de vós adorariam este desafio. Experimentem propor-lhes … 










Em Portugal, o meu lindo pais, este ano estamos a sofrer com uma seca terrível. Este ano praticamente não choveu e as nossas barragens estão a níveis mínimos desesperantes. O estado pede contenção no uso da água. A reutilização de águas quando possível é um começo.

São muitas as maneiras que, por aqui, nos podemos controlar e reduzir o consumo de água. A questão que me preocupa é quantos de nós estaremos realmente a reeducar-nos nesta questão. Precisamos que estas contenções e hábitos passem a rotinas, daqui para a frente. Não só em Portugal mas em todo o planeta. A água doce é um recurso natural que tende a existir cada vez em menos quantidade. O aquecimento global parece-me a mim, leiga no assunto, estar a evaporar o H2O …


; )


Fonte de imagens: Pinterest